fbpx

Biografia

André Gaby é católico, casado, professor universitário de música da Universidade Federal do Pará.

Iniciou seus estudos musicais aos oito anos de idade no Conservatório Carlos Gomes em Belém, Pará. Estudou piano, concluindo o curso técnico e o bacharelado em música ali naquela instituição.

Biografia 1

Enquanto dedicava-se à formação musical, ingressou no serviço musical religioso católico para poder colocar em prática o que aprendia e desenvolver habilidades que musicai impossíveis de serem “emuladas”no ensino formal de música. Durante este longo período, que iniciou com 15 anos de idade, serviu como músico na Casa da Juventude – Comunidade Católica, tocando em missas, adorações, retiros e shows. Aquele momento passava por uma efervescência da música católica carismática, o que lhe proporcionou o contato e participação como músico acompanhador dos shows de vários cantores do cenário nacional católico: Fábio de Melo, Celina Borges, Adriana Arydes, Ziza Fernandes, Maninho, Diácono Nelsinho Corrêa, Eros Biondini, Anjos de Resgate, Ítalo Villar, Diego Fernandes, entre outros..

Neste ínterim ingressou no magistério da música na Universidade Federal do Pará. Cursou pós-graduação lato sensu em composição musical, tendo como monografia o trabalho “Stravinskyana: uma obra pós-tonal de linguagem livre”, memorial da composição realizada a partir da influência da linguagem de Stravinsky, refletida principalmente nas obras História de um soldado Petrushka.

Graças à aproximação com o Padre Fabrizio Meroni, diretor do Centro de Cultura e Formação Cristã da Arquidiocese de Belém à época, pôde conhecer em Belém, em 2005, o grupo de canto gregoriano “Cantori Gregoriani” e seu diretor, Fulvio Rampi, gregorianista formado no Pontifício Instituto de Música Sacra de Milão, docente do mestrado em canto gregoriano do Conservatório de Turim. De 2010 a 2012 radicou-se na Itália para cursar o citado mestrado, concluindo-o com a tese: “Comparazione paleografica della notazione sangalese”,  na qual investigou paleograficamente dez manuscritos adiastemáticos da escola neumática sangalense.

Ao retornar do mestrado, em 2013, fundou a Schola Gregoriana “Ad te levavi”, seu primeiro projeto de canto gregoriano. Contou com a parceria dos coristas que se dedicavam à missa na forma extraordinária celebrada na Igreja do Rosário da Campina, parceria profícua cujo ápice foi Encontro Internacional de Canto Gregoriano de Belém, ocorrido em 2015. O evento, organizado pelo prof. André Gaby, ocorrido na Escola de Música da UFPA, contou com oficina ministrada pelo atual regente da capela Sistina do Vaticano, Mons. Marcos Pavan.

IMG_0229

Nos últimos 4 anos tem se dedicado à gestão na Escola de Música, atuando como coordenador dos cursos técnicos, e posteriormente vice-diretor. Atualmente cursa Doutorado em Musicologia, orientado pelo prof. Paulo Castagna, e tendo como tema o Cantochão dos Mercedários do Pará, além de continuar ministrando palestras, minicursos, apresentar trabalhos acadêmicos e dedicar-se ao projeto “O Som da Palavra”, que inclui este site, cursos e as atividades desenvolvidas nas redes sociais.